22.4 C
Americana
terça-feira, abril 13, 2021

Baixada Santista vai adotar lockdown a partir de terça-feira (22)

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

Os prefeitos das nove cidades da Baixada Santista – Santos, São Vicente, Praia Grande, Guarujá, Cubatão, Bertioga, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe –, no litoral paulista, decidiram em reunião na noite de sexta-feira (19) pela adoção de um lockdown na região. A medida entra em vigor na próxima terça, dia 23, e tem previsão para durar até 4 de abril.

O lockdown busca conter a disseminação da Covid-19 e evitar um colapso hospitalar na Baixada Santista.

Com as restrições, só será permitida a circulação de pessoas e veículos para a compra de remédios, atendimento ou socorro médico de pessoas ou animais, embarque e desembarque em terminal rodoviário, atendimento de urgências e necessidades inadiáveis, bem como a prestação de serviços permitida em decreto municipal.

Uma força-tarefa com a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal vai fiscalizar o cumprimento da medida. Todos devem apresentar documentos, como nota fiscal de medicamento ou carteira de trabalho, para justificar sua circulação. Quem desobedecer as regras estará sujeito a multas de 300 reais a 10.000 reais.

“São medidas duras mas que, infelizmente, temos que tomar agora para preservar vidas”, disse o prefeito de Santos, Rogério Santos (PSDB).

Veja abaixo as novas restrições definidas para todos os municípios da Baixada Santista:

Atividades permitidas e limitações

  • Segurança privada de estabelecimentos comerciais;
  • Indústrias essenciais;
  • Transporte individual (táxi, aplicativo);
  • Transporte público com restrição de horário (funcionará no período da manhã e no fim do dia, para atender os trabalhadores. Não circularão aos sábados, domingos e feriados. Cada cidade irá definir os horários de circulação);
  • Delivery de serviços essenciais apenas até 22h;
  • Comércio de hortifrúti atacadista pode funcionar com portas fechadas, podendo realizar apenas entregas;
  • Atividades portuárias e retroportuárias (serviços administrativos terão de ser feitos por home office);
  • Postos de combustíveis (com lojas de conveniência fechadas);
  • Transporte de valores e serviços essenciais;
  • Bancos (permitido apenas o autoatendimento, sem serviços internos – com exceção dos relacionados à segurança e manutenção. As filas nos caixas devem ser espaçadas com distância de 3 metros);
  • Farmácias – podendo funcionar 24h;
  • Hotéis corporativos – funcionam com 30% da capacidade;
  • Clínicas, atendimento hospitalar, pronto-socorro e atendimento veterinário emergencial;
  • Supermercados poderão funcionar com capacidade de até 70% dos produtos essenciais (alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal) até as 20h. Aos sábados e domingos e feriados, poderão funcionar apenas com delivery. A mesma regra se aplica às padarias, açougues e mercearias;
  • Comércios, com atividade de entrega em domicílio (delivery), podem trabalhar com porta fechada e apenas com 30% dos funcionários até as 22h;
  • Mercado de peixe apenas por delivery.

Atividades não permitidas

  • Feiras livres;
  • Obras civis públicas e particulares não essenciais;
  • Hotéis, pensões, pousadas e motéis;
  • Comercialização de imóveis de temporada;
  • Serviços de drive-thru.

Suspensão da Operação Descida

Além das medidas definidas pelos municípios, o Governo de São Paulo anunciou que suspendeu a Operação Descida do Sistema Anchieta-Imigrantes a partir de sexta-feira (19), com o objetivo de desestimular viagens ao litoral depois de a prefeitura da capital paulista antecipar cinco feriados municipais. A operação ocorre, normalmente, aos fins de semana.

A suspensão ocorreu após demanda dos prefeitos das cidades do litoral paulista, capitaneados pelo prefeito de Santos. De acordo com o Governo do Estado, é a primeira vez, em 23 anos de concessão, que a Operação Descida é suspensa.

Por Veja

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também