19.6 C
Americana
sábado, maio 8, 2021

Daft Punk se separa após 28 anos de carreira

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

Duo francês tem hits como ‘Get Lucky’, ‘One More Time’ e ‘Da Funk’, e revolucionou a música eletrônica nas últimas décadas.

O duo francês Daft Punk anunciou o fim da carreira de 28 anos na música eletrônica. A informação foi confirmada ao site Pitchfork por Kathryn Frazier, representante de longa data dos artistas, nesta segunda (22).

Eles também divulgaram um vídeo de 8 minutos chamado “Epílogo”, com um trecho do filme “Daft Punk’s Electroma”, de 2006, e uma cartela com a mensagem “1993-2021”. Assista abaixo.

Até o momento não foi divulgado o motivo para o fim da parceria entre Guy-Manuel de Homem-Christo e Thomas Bangalter.

A dupla parisiense é um nome importante da música eletrônica nas últimas décadas com sucessos como “Get Lucky”, “One More Time” e “Starboy”, esta última em parceria com The Weeknd.

O disco “Random Access Memories”, de 2013, é o último lançado pelo Daft Punk. Com ele, o duo ganhou 4 Grammys no ano seguinte: gravação do ano e performance do ano por “Get Lucky”, álbum do ano e melhor álbum de música eletrônica.

Eles também foram premiados em 2008 com a gravação de “Harder Better Faster Stronger” e pelo álbum “Alive” em categorias de música eletrônica.

Guy-Manuel e Thomas fazem aparições públicas vestindo produções como se fossem robôs e não costumam dar muitas entrevistas.

História do duo

O nome do duo cibernético foi inspirado em um artigo publicado na revista britânica “Melody Maker” sobre o primeiro trabalho da dupla, lançado em uma coletânea em 1992. Na época, eles se chamavam Darling e faziam rock. A matéria dizia que eles tocavam como “um bando de punks bobos” — ou “daft punk”.

A estreia do Daft Punk com o nome definitivo foi em “The new wave”, lançado pela Soma Records em 1993. O primeiro sucesso comercial da dupla, “Da funk” (que vendeu cerca de 30 mil cópias), é de 1995, e foi incluído no primeiro álbum oficial, “Homework”, lançado dois anos depois.

O disco, considerado uma síntese inovadora de diversos estilos da música eletrônica, se tornou um dos mais influentes da dance music dos anos 90.

“Discovery”, de 2001, é mais comercial, mas não desapontou no quesito “vendas” — “One more time” chegou ao segundo lugar das paradas no Reino Unido.

Já “Human after all”, disco de 2005, ironiza sua característica mais marcante: usar capacetes de robôs e efeitos de voz conhecidos como vocoders. Naquele ano, a dupla também lançou a coletânea “Musique, Vol.1: 1993-2005”.

Depois, o duo lançou “Musique Vol.1”, “Alive 2007” e a trilha sonora do filme “Tron Legacy” até chegar ao último disco “Random Access Memories” (2013).

O Daft Punk coleciona ótimos videoclipes dirigidos por nomes como Spike Jonze, Michel Gondry e pela lenda das animações Leiji Matsumoto.

Por G1.

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também