18.5 C
Americana
sexta-feira, maio 7, 2021

Comissão de vereadores contra a Covid-19 entrega relatório a secretário de Saúde adjunto

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

A Comissão de Representação de Acompanhamento do Plano Estadual de Imunização contra Covid-19, composta por três vereadores barbarenses, entregou, nesta sexta-feira (26), um relatório de sugestões para a Secretaria Municipal de Saúde. Esse documento, apresentado ao secretário de Saúde adjunto, Rodrigo Ito, tem o objetivo de melhorar o processo de imunização contra o novo coronavírus em Santa Bárbara d’Oeste. Essa comissão é presidida pela vereadora Esther Moraes e conta com a participação dos vereadores Bachin Jr (MDB) e Nilson Araújo Radialista (PSD).

Dentre as sugestões contidas no relatório está a ampliação da segurança nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), principalmente nas utilizadas para o armazenamento de vacinas. Essa medida visa a evitar que furtos de fiação, como o ocorrido nesta semana na UBS do Laudisse/Romano, prejudiquem a imunização contra a Covid-19 no Município.

Outra sugestão apresentada no relatório é com relação à sanção, pela Prefeitura, do projeto de lei que torna obrigatória a divulgação da lista de vacinados em Santa Bárbara d´Oeste, com o intuito de garantir transparência no processo de imunização contra a Covid-19.

A comissão também propõe que a Administração Municipal adote um protocolo em que o encarregado de aplicar as vacinas apresente a seringa cheia, expondo o procedimento da vacinação, para a preservação dos direitos do futuro imunizado. Essa medida tem por objetivo evitar casos como já registrados em Maceió (AL) e em Goiânia (GO), onde falsas aplicações da vacina foram flagradas por acompanhantes dos pacientes.

Os parlamentares sugerem, ainda, que as vacinações sejam transferidas para locais que possuam amplos espaços ao ar livre, como a Faculdade Anhanguera. Essa medida, segundo eles, evitaria aglomerações e caberia especialmente para a UBS do bairro Vila Grego. Nessa unidade a vacinação está ocorrendo em ambiente próximo à farmácia do local, onde já ocorre grande fluxo de idosos, independentemente da campanha de imunização.

Outra sugestão apresentada ao secretário adjunto de Saúde é relativa à implantação de mais uma linha telefônica na UBS da Vila Grego, evitando que a linha existente fique congestionada. Para essa mesma unidade, os vereadores reivindicam a inclusão de aparelho de ar-condicionado na sala de vacinação, beneficiando principalmente os servidores que aplicam a vacina e hoje são obrigados a permanecer numa sala com pouca ventilação, utilizando vários EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

Ainda no relatório, a comissão pede que a Prefeitura estude a possibilidade de antecipar a vacinação de pessoas com diagnóstico de doença crônica grave, assim como de profissionais da área da educação. Eles reivindicam, também, que a Administração Municipal apresente informações sobre a quantidade de munícipes já cadastrados no site oficial da Prefeitura para receber a vacina.   

Por fim, os parlamentares pedem informações à Prefeitura sobre a campanha de vacinação contra a gripe, questionando se já existe algum planejamento com relação a essa imunização, se a vacinação da gripe será antecipada esse ano e se o município contará com uma espécie de “Dia D” para essa imunização.

Por Notícias da Câmara | Fernando Campos – Mtb 39.684

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também