17.4 C
Americana
sexta-feira, maio 7, 2021

Saúde decide suspender as cirurgias eletivas e avalia lockdown em Campinas

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, anunciou na tarde de segunda-feira, dia 15 de março, a suspensão de cirurgias eletivas em hospitais privados, em razão do agravamento da pandemia de Covid-19 na cidade. A medida deve valer a partir da quarta-feira, 17 de março.

As exceções serão as cirurgias oncológicas e cardiológicas. Uma comissão interna de cada hospital vai autorizar ou não cirurgias consideradas essenciais. Na rede pública municipal, as cirurgias eletivas já estavam suspensas.

A decisão foi tomada durante reunião no Salão Vermelho da Prefeitura, com representantes de hospitais públicos e privados, com exceção do Hospital de Clínicas da Unicamp, cuja direção foi convidada, mas não compareceu, e de planos de saúde.

Outro tema discutido foi o endurecimento de medidas restritivas na cidade, como o lockdown. Uma força-tarefa, montada entre os participantes da reunião, vai avaliar a situação da pandemia dia a dia e as dificuldades no atendimento à população. Todos foram unânimes em reconhecer o momento gravíssimo da pandemia.

Dário Saadi deve se reunir, virtualmente, amanhã (terça-feira) pela manhã com os prefeitos de cidades da Região Metropolitana de Campinas para discutir as medidas mais restritivas.

O prefeito cobrou agilidade do Governo do Estado para disponibilizar os 20 leitos de UTI no Ambulatório Médico de Especialidades (AME), já anunciados pelo Estado, e a urgente ampliação de leitos de UTI e de enfermaria no HC da Unicamp. Saadi também se solidarizou com as famílias das mais de duas mil vítimas da Covid-19 em Campinas, marca registrada durante o último final de semana.

Além do prefeito, participaram da reunião o secretário municipal de Saúde, Lair Zambon; o presidente da Rede Mário Gatti, Sérgio Bisogni; a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), Andrea von Zuben; a diretora de Saúde, Deise Hadich; presidentes e superintendentes de 12 hospitais privados e de planos de saúde.

Prefeitura Municipal de Campinas

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também