25.6 C
Americana
quinta-feira, setembro 16, 2021

Assessor internacional de Bolsonaro faz gesto supremacista durante fala de Pacheco

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

O assessor especial para assuntos internacionais da Presidência, Filipe Martins, fez um gesto associado a supremacistas brancos durante uma sessão do Senado na qual o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, explicava as ações da pasta em relação à aquisição de vacinas contra a Covid-19. A cena foi flagrada porque Martins estava sentado atrás do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, que discursava naquele momento. Irritado com a postura, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da Oposição, pediu para que o assessor presidencial fosse retirado das dependências do Senado e autuado pela Polícia Legislativa.

O gesto, também confundido com o sinal de “Ok”, significaria, nesse caso, White Power, ou seja, poder branco. O polegar e o dedo indicador formam o círculo da letra “P”, enquanto os outros três dedos esticados representam a letra “W”. Nas redes sociais, a ação de Filipe Martins foi imediatamente associada à conduta de Brenton Tarrant durante seu julgamento em 2020 – em 2019, ele matou 51 pessoas a tiros em uma mesquita na Nova Zelândia.

O gesto, também confundido com o sinal de “Ok”, significaria, nesse caso, White Power, ou seja, poder branco. O polegar e o dedo indicador formam o círculo da letra “P”, enquanto os outros três dedos esticados representam a letra “W”. Nas redes sociais, a ação de Filipe Martins foi imediatamente associada à conduta de Brenton Tarrant durante seu julgamento em 2020 – em 2019, ele matou 51 pessoas a tiros em uma mesquita na Nova Zelândia.

Por Jovem Pan

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também