21.9 C
Americana
domingo, junho 20, 2021

Doações da campanha “Americana de mãos dadas” podem ser feitas também nos supermercados Pague Menos

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

O Fundo Social de Solidariedade divulgou nesta terça-feira (30), mais uma parceria para a campanha “Americana de mãos dadas”. Quatro lojas do supermercados Pague Menos também estão disponibilizando caixas para receber doações de alimentos à serem repassados para famílias em vulnerabilidade social. A Prefeitura Municipal, o Fundo Social de Solidariedade e as lojas da rede de supermercados São Vicente de Americana também estão recebendo doações.

A campanha terá duração de dois meses e está sendo realizada também pela secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

O objetivo da campanha é arrecadar alimentos às famílias que estão em situação de vulnerabilidade social, devido às consequências da pandemia da Covid-19.

Poderão ser doados os seguintes alimentos: arroz, feijão, macarrão, óleo, farinha de trigo e/ou de mandioca e açúcar.

As caixas de coleta estão disponíveis na Prefeitura Municipal, na Avenida Brasil, 85, no Fundo Social de Solidariedade, na Rua Antonio Frezzarim, 412, Jardim São Paulo, nas unidades dos supermercados São Vicente de Americana e no Pague Menos.

Benefício e cadastro

A campanha para arrecadar alimentos deverá atender as demandas do cadastro de benefício eventual emergencial da Covid-19. Hoje Americana tem mais de 5 mil famílias em situação de extrema pobreza e pobreza no Cadastro Único.

São critérios para concessão do benefício: residir em Americana, mesmo que em situação temporária ou de rua; renda familiar de até três salários mínimos vigentes, considerando na composição da renda familiar os auxílios e benefícios concedidos pelo Governo, mesmo que emergencialmente; ter dentre seus membros público prioritário em situação de dependência: Criança e Adolescente (de 0 a 17 anos); Pessoa Idosa (idade igual ou superior a 60 anos); Pessoa com Deficiência e/ou Transtorno Mental; Pessoa Adulta (de 18 anos a 59 anos) migrante e/ou refugiado sem documentação civil.

A avaliação se dá por prioridade dentro dos indicadores de vulnerabilidade, sendo atendidas prioritariamente as famílias em situação de extrema pobreza (renda familiar de até R$89,00 per capita), em seguida as em situação de pobreza (renda familiar de até R$178,00 per capita) e assim sucessivamente dentro da arrecadação realizada.

O cadastro pode ser acessado no site www.americana.sp.gov.br.

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também