18.5 C
Americana
sexta-feira, maio 7, 2021

Comerciante que sofreu tentativa de feminicídio não resiste aos ferimentos e morre em S. Bárbara

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

Faleceu no início da tarde desta quinta-feira (15), aos 52 anos de idade, a comerciante Giane Elizabete Dias da Silva, vítima de tentativa de feminicídio pelo ex-companheiro José Ribamar Moraes Rego – Riba (59). Ela se recuperava na enfermaria do Hospital Santa Bárbara quando precisou voltar para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), devido à gravidade dos ferimentos. Giane deixa 1 filho. Não há informações ainda sobre o velório e sepultamento

Após ser submetida a uma cirurgia de emergência no sábado, 3 de abril, por ter vários órgãos atingidos por golpes de faca, seu quadro de saúde evoluiu para estável. A informação foi confirmada em nota divulgada pela Santa Casa de Misericórdia (Hospital Santa Bárbara), no dia 5, segunda-feira.

Entretanto, devido à gravidade dos ferimentos, o quadro se agravou e ela precisou retornar à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no domingo.

Em nota, a Santa Casa de Misericórdia (Hospital Santa Bárbara) informou que, por complicações respiratórias, a paciente voltou para a UTI. Hoje pela manhã seu estado de saúde se agravou e, após várias tentativas e manobras de ressuscitação sem sucesso, o quadro evoluiu para a óbito.

Amigos utilizaram as redes sociais para registrar todo o carinho por Giane e expressar condolências aos familiares pelo passamento.

“Muito triste esse desfecho! Acreditávamos tanto na sua recuperação! Minhas orações continuaram em favor do João! Vc já está junto de Deus e do Everton, dá um abraço nele por mim! Descanse em paz, Giane Dias”, lamentou Pâmela Vieira.

“Que tristeza receber essa notícia. Vá com Deus Gi, que Deus possa confortar o João e todos da sua família”, escreveu Déa Battaglia.

Relembre o caso

O comerciante, José Ribamar de Moraes Rego, popularmente conhecido como Ribas Lanches, foi preso na tarde de sábado (3), acusado de esfaquear a ex-esposa. Ele foi autuado em flagrante por tentativa de feminicídio.

Informações apontam que a motivação do crime teria sido a separação do casal (há quase dois meses) e o agravamento nos negócios.

Segundo relato de familiares, Ribamar foi até a casa da vítima, que fica ao lado do estabelecimento, com o pretexto de presentear o filho do casal com um ovo de chocolate. Lá ele a chamou para conversar dentro da lanchonete. O comerciante, então, tomou posse de uma faca e golpeou várias vezes a vítima, atingindo-a 14 vezes. Após o ocorrido, ele fugiu do local, mas logo se apresentou à polícia e foi preso. Já a ex-mulher foi socorrida, levada ao hospital e submetida a uma cirurgia de urgência. Ela teve parte do fígado comprometido e o baço precisou ser retirado durante o procedimento. Além disso, ela permaneceu em um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) intubada.

No início da madrugada de domingo (4), o comerciante foi encontrado morto no prédio da cadeia pública “Carcereiro Pedro Cromo”. O boletim de ocorrência foi registrado como suicídio. Ele aguardava a audiência de custódia no domingo (04), para definição do crime.

Foto: Reprodução/Facebook

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também