23.6 C
Americana
segunda-feira, julho 26, 2021

Palmeiras e São Paulo empatam em jogo sem inspiração pela final do Paulista

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

Palmeiras e São Paulo empataram por 0 a 0 na noite de quinta-feira (20), em jogo válido pela partida de ida da final do Campeonato Paulista 2021, no Allianz Parque.

Com o resultado, uma vitória simples para qualquer um dos lados garantirá o título no jogo de volta. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis. O Tricolor tenta levantar a taça da competição pela primeira vez desde 2005 —e também busca seu primeiro título desde 2012, quando venceu a Sul-Americana. Já o Verdão joga para chegar ao bicampeonato.

O confronto de volta será disputado no domingo (23), às 16h (de Brasília), no Morumbi, com mando de campo do São Paulo.

Quem foi bem: Liziero

Firme na marcação, o volante neutralizou todas as armas de criação de jogadas do Palmeiras. Liziero foi o principal nome da partida também com boa saída de bola. O meio-campista arriscou passes ousados e tentou municiar os responsáveis por armar lances de perigo no Tricolor. Uma boa partida do atleta.

Quem foi mal: Raphael Veiga

Raphael Veiga não rendeu o esperado na noite de hoje. Escalado como único meio-campista de criação no time de Abel Ferreira, pouco tocou na bola. Um dos motivos foi a forma adotada pelo mandante na partida disputada no Allianz Parque, com muita ligação direta. O atleta ainda foi presa fácil para os homens de marcação do Tricolor paulista.

Daniel Alves volta a se lesionar e preocupa para a final

Depois de se ausentar por quatro partidas por causa de um estiramento na região posterior da coxa direita, o experiente Daniel Alves voltou a se queixar de dor. O veterano reclamou de um problema também na perna direita e precisou ser substituído por Igor Vinícius aos 32 minutos do primeiro tempo. Ele se torna uma preocupação para a partida decisiva. Além do veterano, Crespo tem mais três atletas que são dúvidas: os atacantes Luciano e Eder, que já ficaram fora do jogo de ida, e o meia Benítez, substituído no intervalo para dar lugar a Igor Gomes. Benítez também foi substituído por Igor Gomes no intervalo por queixar-se de dor no músculo adutor da coxa esquerda. O argentino reclamo.

Atuação do Palmeiras

Na maior parte do jogo, o Palmeiras apostou em se postar defensivamente com as linhas recuadas para buscar encaixar um de seus letais contra-ataques. Mas o São Paulo, ciente dessa arma, deixou o Palmeiras ter a bola, forçando trocas de passes, em um tipo de jogo que não favorece as características das principais peças ofensivas alviverdes, como Rony e Raphael Veiga. Quando arriscou subir as linhas e pressionar a saída do São Paulo, conseguiu forçar erros de Benítez e Miranda, que resultaram em bons arremates de Luiz Adriano e Raphael Veiga. Muito pouco para uma final de campeonato em casa.

Atuação do São Paulo

O São Paulo teve dificuldades para impor a sua forma de jogar diante do Palmeiras. Bem marcado pelo time comandado por Abel Ferreira, o Tricolor tentou dominar o meio de campo com Benítez, Luan, Liziero e Gabriel Sara. O quarteto, no entanto, sofreu para se desvencilhar da defesa adversária e pouco criou oportunidades. Pablo, preso na defesa, sequer tocou na bola durante a primeira etapa. Os comandados de Crespo sofreram com a pressão adversária e cometeram muitas faltas. As melhores chances criadas pelos visitantes saíram apenas nos minutos finais, quando a marcação já estava mais frouxa de ambos os lados. Destaque para o chutaço arriscado por Gabriel Sara no finalzinho, de muito longe, carimbando a trave de Weverton.

Cronologia do jogo

Rony recebeu amarelo por reclamação aos 28 minutos do primeiro tempo. O atacante queixou-se de falta marcada pela arbitragem em Daniel Alves e foi punido com cartão. O São Paulo perdeu Daniel Alves aos 32 minutos de partida. O camisa 10 queixou-se de dor após dividida e foi substituído por Igor Vinícius. Miranda foi punido com cartão amarelo aos 35 minutos do segundo tempo por falta em Felipe Melo.

Segunda final entre os times e bom retrospecto são paulino

Esta é apenas a segunda final do Paulistão entre as duas equipes, que se enfrentaram em 1992 na outra oportunidade. Na ocasião, o São Paulo levou a melhor sobre o Palmeiras com duas vitórias, por 4 x 2 e 2 x 1. O São Paulo tem retrospecto favorável diante do Palmeiras em jogos de mata-mata. São 13 vitórias em eliminatórias para o Tricolor contra três do Verdão.

Ficha Técnica

Palmeiras x São Paulo

Motivo: jogo de ida da final do Paulistão 2021 Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP) Data: 20 de maio de 2021 (quinta-feira) Horário: às 22h (de Brasília) Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Anderson José de Moraes Coelho Quarto árbitro: Salim Fende Chavez VAR: José Cláudio Rocha Filho.

PALMEIRAS: Weverton; Luan, Gustavo Goméz e Renan; Mayke, Felipe Melo, Patrick de Paula (Danilo Barbosa), Raphael Veiga (Gustavo Scarpa) e Victor Luis; Rony e Luiz Adriano (Wesley). Técnico: Abel Ferreira.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Daniel Alves (Igor Vinícius), Luan, Liziero, Gabriel Sara e Reinaldo; Martín Benítez (Igor Gomes) e Pablo.Técnico: Hernán Crespo.

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também