28 C
Americana
domingo, setembro 26, 2021

SP acaba com toque de restrição, antecipa vacinação e anuncia flexibilização para comércio

portalpanoramahttp://portalpanorama.com
Tudo o que você precisa ler, ver e ter. Acesse e fique bem informado sobre os últimos acontecimentos e fatos de Santa Bárbara, Americana e região.

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta quarta-feira, 28, o término do limite de funcionamento e ocupação em estabelecimentos comerciais a partir de 17 de agosto. A nova fase é chamada de “retomada segura” pelo Governo do Estado.

Entre 1º de agosto e 16 de agosto, haverá uma “fase de transição”, com a ampliação do horário de fechamento das 23 horas para a meia-noite e uma ocupação limite de 80%. O toque de restrição no Estado de São Paulo também será extinto.

“Os locais poderão ter ocupação máxima, desde que tenhamos a garantia do distanciamento de um metro entre os que frequentam os espaços”, destacou a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, em coletiva de imprensa. Os parques estaduais passarão a abrir em horário normal a partir de domingo. “A vida está voltando ao normal no Estado de São Paulo”, declarou Doria.

A vacinação da população de 18 anos ou mais contra a covid-19 foi adiantada de 20 para 16 de agosto, enquanto a de adolescentes teve o início antecipado de 23 para 18 de agosto.

O governador atribuiu a antecipação das datas à compra estadual de 4 milhões de doses adicionais da Coronavac. “Já chegaram e já foram distribuídas. E, com a ajuda de prefeitos e prefeitas, estamos podendo antecipar a vacinação.”

O calendário estadual prevê a imunização da população de 28 a 29 anos desta sexta-feira, 30, até 4 de agosto, enquanto o público de 25 a 27 anos terá a vez de 5 a 9 de agosto. Já quem tem de 18 a 24 anos poderá procurar os pontos de aplicação de 10 a 16 de agosto.

Na sequência, a vacinação de 18 a 29 de agosto será focada no público de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas. De 30 de agosto a 5 de setembro, a campanha vai focar em todos os adolescentes de 15 a 17 anos, enquanto os de 12 a 14 anos receberão a primeira dose de 6 a 12 de setembro.

Cerca de 748 mil pessoas não retornaram aos postos para tomar uma segunda dose. Segundo a coordenadora do Plano Estadual de Imunização, Regiane de Paula, o número é considerado baixo. Na cidade de São Paulo, 216 mil moradores estão com a segunda dose atrasada.

O Estado tem 4.015.426 casos e 137.740 óbitos por coronavírus confirmados. A taxa de ocupação é de 53% em UTI, de acordo com informações da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados Estatísticos (Seade).

Ao todo, São Paulo está com 5.907 de internados em UTI com quadro relacionado à covid-19. O número é de 5.555 hospitalizados em leitos de enfermaria. O secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, destacou que as internações caíram 62,7% e os óbitos em 57% em relação ao auge da segunda onda.

A média móvel (calculada com base nos últimos sete dias) foi de 321 novos óbitos diários pela doença na terça-feira, 27. Ela está em curva descendente desde abril, mas segue superior aos registros de janeiro e fevereiro deste ano e de todo 2020, quando a taxa mais alta foi de 219 mortes diárias, em 15 de setembro.

Já a média móvel de novas internações diárias foi de 1.153 na terça, a menor de 2021. Ela também está em curva decrescente, desde 12 de junho, quando marcava 2.760 novos hospitalizados por dia, e é semelhante aos registros do fim de novembro.

Estação de metrô abrigará pessoas em situação de rua nesta semana

O Governo do Estado anunciou, ainda, que a estação de metrô Dom Pedro II funcionará temporariamente como espaço de acolhimento para homens em situação de rua desta quarta até sábado, 31, quando São Paulo deve enfrentar uma baixa nas temperaturas. O espaço receberá até 400 pessoas entre as 20 e as 8 horas. Além disso, as vagas em centros de acolhimento serão ampliadas em 2 mil pelos próximos três meses em 134 municípios.

Presente na coletiva, o Padre Julio Lancellotti, da Pastoral Povo da Rua, anunciou que acompanhará o acolhimento a pessoas em situação de rua na estação e que espaços da Arquidiocese de São Paulo e da Congregação Israelita Paulista também estarão abertos nas próximas madrugadas. Ele fez um apelo para que a população também apoie, com agasalhos, bebidas quentes e outros itens caso encontre alguém em via pública.

Por Estadão

- Publicidade -

Mais artigos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Veja também